Donnerstag, November 18, 2004

“Acordes a 4 mãos”



Apeteceu-me partilhar convosco, estes momentos.
Uma noite nas horas mortas ..em que a amizade fluia na sala de chat, eu e o meu muito amigo Zé, brincámos com as palavras.

Ele é ..para mim o menino que nunca cresceu, sorriso franco e timido.
Um coração enorme e uma alma linda e gentil.
Apesar de andarmos aos estalos quase sempre ...gosto imensamente dele. Um ser Humano, com maiusculas, daqueles raros, em extinção.

Ele tb é ..como todos os que o conhecem sabem, apaixonado pela musica, pelas suas guitarras melhor dizendo.
E assim nasceram, estas palavras, com muito carinho e amizade.

(obrigada Zé por seres quem és e seres meu Amigo ) *











Madeira quente,que abraço...
Nascem sons entrelaçados,
Num toque mel...alma virgem...
Cruzam-se nossas mãos,
desenfreadas, á procura...
de acordes...momentos infinitos!






Geme a guitarra...fala,grita!
Canta preces de outro vento...
lilazes melodias...
De rubro encanto, paixão que fascina...
estranhas notas efémeras...
sabor de vida etérea...viagem
Partida!

Sinto-te nessa dança...
de azul sentidos...

Perdiam-se já nossos dedos,
Entre as notas e sentidos,
De um “lá”…no infinito!!

Um “dó” maior sem dor,
Nossos dedos atrevem-se,
No “si” repetido…
Viagem de sentidos,compartidos
amando …suas cordas,luz vida...
Energia que levita…
entre acordes e compassos...
Num dançar de corda em corda.

Dedos passeando...em suas curvas,
Guitarra abraças melodia nossa
Ouvimos-te assim…
… perdidamente sentindo!!


ze2 e sonhadora

Kommentare:

AlmaAzul hat gesagt…

Perfeito sentir aos meus ouvidos...


***

Anonym hat gesagt…

What a great site »

Anonym hat gesagt…

Cool blog, interesting information... Keep it UP »