Donnerstag, November 16, 2006

Abraços



É bom recordar ...

Durante alguns anos, vivi sem passado.
As recordações da infância ficaram algures, perdidas entre espessas brumas.
Mas ...pouco a pouco regressam, e é agradável recordar a meninice.

Embora não consiga recordar muito;
as imagens que se apresentam bailando na mente é como um reviver.
Um acordar de sensações e emoções.

O sangue flui mais rápido nas veias, e nos olhos ...
Nos olhos corre um mar de água doce.

Sinto o sorriso desenhando-se nos lábios ...
O cheiro da terra, das plantas ...
E a brisa, brincando com meus cabelos.

Ah como eu gostava de correr pelas planicies fora;
Braços abertos ...querendo abraçar o mundo.
Revejo todos aqueles lugares;
Sinto todos os sabores ...

Sinto até (como se possível fosse) ..o abraço do sol do Alentejo,
acariciando-me a pele.

Foi assim no post anterior ..recordar momentos queridos.










Hoje ...
Hoje por breves instantes, aconchegada entre acordes, palavras e musica;








...também recordei!

Outros momentos:
Bonitos, profundos ... únicos.
Noitadas de conversas e silêncios.
Emoções partilhadas como caricias.

Naquelas noites longas como o sãos as de inverno,
As palavras eram chamas alimentando a lareira da confiança.
Incondicional o carinho e a amizade que entreguei. Ingénua.

Adorei aquelas noitadas.

Ah!! Como é doce recordar ...
Aquece a alma.

Kommentare:

Labrego hat gesagt…

Que lindo e evocador video!Pena que nao seja eu e a sonhadora partilhando o cenário :-). rsrsrs

sonhadora hat gesagt…

Ora ora Sr. Labrego :

O cenário não partilhamos mas ...

Marquemos uma hora e partilhamos a musica e as palavras.
Que acha?

(traga as pipocas e uma mantinha)

rs rs


;-)

Franz F. hat gesagt…

Tal como prometido, cá estou de visita ao seu blog! Muitos parabéns pelo "post", fez-me recordar bons momentos, o que é sempre agradável.

:-)

(Cuide-se)

sonhadora hat gesagt…

Olá Franz :-)

Agradeço a visita, as palavras e não posso esquecer a companhia.

E foi tb um recordar de sensações antigas, em que o bla, era uma sala viva de emoções.

E sabe que mais ...
Senti-me tão bem ..que senti o crepitar da lareira virtual ... :-)

E a encomenda chegou,com atraso.
Choveu no domingo pela tarde :)

Volte sempre, gostei de o sentir por aqui

Franz F. hat gesagt…

Olá sonhadora...

É um prazer enorme visitar o seu "cantinho".

Senti-me muito bem, acredite...quem sabe a lareira se volta a acender :-)

A encomenda...eu disse-lhe que ía demorar, mas acabou por chegar :-)

Voltarei sempre...sinto-me bem aqui

:-)

Anónimo(SitioDasSerras) hat gesagt…

"Falámos"já,hoje...
Vim preguiçosamente espreitar e deparei com tanta saudade...tanta lembrança do teu Alentejo.Do nosso Alentejo afinal
A 9 de Dezembro vou atravessar parte dele e trago depois o verde da planície a calma do fim da tarde húmida e fresca o vôo da cegonha branca que sempre por ali fica...mesmo no Inverno,já!
Trago-te os campos de arroz muito verdes e viçosos,olharei por ti o sol vermelho ao abalar até ao dia a seguir...
Antes de Ermidas está uma casa pintada de branco orlada nas jenelas e portas de azul...aquele azul forte,sabes...?Costumo olhar de cada vez que passo.Lembra-me a casa da minha Avó materna,lembra-me o meu Avô sentado à porta num banco pequeno a fumar um cigarro que o filho numa visita lhe havia deixado junto com o maço de tabaco sem filtro que,dizia ele,era "tabaquinho de gente rica"...
As saudades que tenho dos meus Avós!!!
Até sempre
Afago meigo

Anonym hat gesagt…

Sonhador...ja sem sonhos...obrigado!estou a sonhar de novo! Beijinho com sabor a sol Guido

Maggy hat gesagt…
Der Kommentar wurde von einem Blog-Administrator entfernt.
Maggy hat gesagt…

Olá amiga Sonhadora! Um blog lindíssimo e com uma música de fundo daquelas que nos faz abanar por inteiro...o corpo e a alma! E... Recordar também é viver! Um beijinho e um Sorriso em Silêncio da Maggy! Voltarei

Anonym hat gesagt…

Ola Sonhadora quem seras tu?...Gostava,muito!de conseguir escrever num simples papel o que me vai na alma...leio-te e...podia ter sido escrito por mim...Mas nao tenho o teu talento,posso apenas dizer te que hoje por aqui esteve tempestade,sentia toda,ca dentro de mim...Confeço que entro na sala a procura de um SorrisoemSilencio...sabes ia jurar que ouvi a voz dela enquanto teclava comigo...Sonhadora ati sinto te...nao sei de que forma,mas sinto...vou dizer adeus,entrei na sala so procurava um amigo(a)...mas ate ai(na sala do chat) as pessoas nao sao elas proprias...perdidas,cegas no seu ego! Nao sou assim...nao quero ser mal interpretado...nao quero magoar me mais... Mas senti necessidade de te dizer adeus...Acredito...em ti! Porque me convem...porque me faz bem...acreditar que o mundo tem...Sonhadora! Um beijinho grande do Guido

Anonym hat gesagt…

P.S. ...a minha maneira sou feliz. Guido

Solaris hat gesagt…

Não conheço o Alentejo e quer-me parecer que nestes anos todos nunca fui além da Capital. Contudo retenho na memória as imagens de planícies sem fim que vejo tantas vezes na televisão ou em fotografias públicadas nas revistas ou em sites turísticos.
Eu cresci no Douro vinhateiro; as encostas íngremes, os arvoredos e o rio fizeram parte da minha formação e moldaram a minha maneira de pensar a realidade das coisa. Ao ler o seu post percebi a saudade que sente dos tempos outrora serenos e repletos de esperança!
Gosto de ler o que escreve: fá-lo com tanta convicção que é difícil não esboçar um sorriso de ternura ao ler!
Naquele tempo eu também sentia, sentado numa qualquer pedra do caminho, um sorriso a desenhar-se nos meus lábios! "O cheiro da terra, das plantas e a brisa brincando com os meus cabelos!" Que lindo este excerto!

Anonym hat gesagt…

recordar é viver... um doce beijo nina... * que saudades eu tinha de te ler...

Unicus hat gesagt…

Sem sonho que significado teria tudo isto?
É bom regressar de qd em vez ao baú das memórias.
Bjs