Donnerstag, Februar 28, 2008

"Ninho de carícias"



Apeteces-me ...



Vontade dos teus lábios ao entardecer,
De naufragar na tua pele.
Afogar-me em teu regaço,
Arcabuzando esta saudade,
Num abraço!

Apeteces-me agri-doce,
Meigo, animal, cabal.
Instintos ao rubro,
Ancestral!

Photobucket

Apeteces-me ...
Em cama de linho,
Teu corpo em ninho.

Dedilhar-te, com carinho, poesias no olhar,
Tecer luas em teus cabelos.
Bebericar do teu ser, a caricia atrevida.


Sacear na alma, a sede de ti.
Morder teu beijo,
Adentro ...em mim!

Apeteces-me assim!
Tu!

Kommentare:

Anonym hat gesagt…

Sem-palavras..

um desabrochar divinal..
um intensificar pulsar..

belissimo poema bem secundado pela música

hoje deixo-te o jardim das margaridas :-)

♥abraço

..§

sonhadora hat gesagt…

..§ :-)

Obrigada pela visita fiel...
pelas palavras bonitas
...e pelas margaridas :-)

Bem haja.

Dia lindo para si