Mittwoch, Februar 21, 2007

Carinho


Estava mal ...deste-me a mão!
E as horas do teu repouso sacrificaste-as pelo meu bem estar.

Procuraste assuntos vários, até tolices, fazendo-me quase esquecer a garra e espasmos de dor.

É nestas horas que se sente os amigos.
E ...

Senti toda a noite a tua mão na minha ...
Mimando-me ...
Aconchegando-me ...
Dando-me colo.
Obrigada Filipe.
Obrigada pela gentileza e carinho que me brindaste horas e horas.
Não escperava ...
A ajuda veio de onde não a esperava.

Sei que dirás: "Há coisas que não se agradecem".
Sei disso ..tb assim penso, mas ...
Agradeço ..não de Obrigada!
Agradeço de alma ...com carinho, ternura imensa.
Agradeço os sorrisos que me ofereceste.
E sobretudo ...o estares presente, apesar da distância.

Obrigada Amigo *

Que os Deuses te guardem nas palmas das mãos



...*...



Kommentare:

Anonym hat gesagt…

Que a estrada se abra à tua frente,

Que o vento sopre levemente nas tuas costas,

Que o sol brilhe morno e suave em tua face,

Que a chuva caia de mansinho nos teus campos,

E até que nos encontremos de novo...

Que Deus te guarde nas palmas de suas mãos!



Abraço meigo à distância de um pensmento...

«*»

Filipe hat gesagt…

Ai ai... deixaste-me sem jeito!

Sabes, nao acho q fizesse algo de especial... estava sim acompanhado por alguem especial! ;)

Beijinho*

:) embevecido

AlmaAzul hat gesagt…

Tao lindos!!! :))))

sonhadora hat gesagt…

Ui ui Filipe ..ficas tão sexy assim coradito ..rs

Beijo meigo em ti *

sonhadora hat gesagt…

Olha olha ...a minha míuda linda deu sinal de vida. :)

Ai que saudades pá ...
Entonces ..como te tratam os nuestros hermanos?!

Não tão bem como eu, clarete ..rs
É que (não é para me gabar), mas colo como o meu, non hai ..lol

E olha ..já danças o flamengo??


Beijo carinhoso *

sonhadora hat gesagt…

A ti lua ...

Gosto de sentir-te por aqui:
De saber-te feliz, apesar de algumas pedras no caminho.

Há laços que não se dissolvem;
Os golpes e os cortes reforçam-nos quando sinceros.

E eu ..acredito neles, na Amizade que sempre nos uniu.

Gosto de recordar as gargalhadas, por tudo e por nada ...
E as conversas pela noite fora.

Sempre presente, no teu viver, mesmo que ausente e distante.

Falaremos um dia ..olhos nos olhos, abertamente, como sempre o fizemos.

Beijo de alma ...*


P.S:(Só um Deus a guardar-me!! Com tanta travessura, ponho todo o Olimpo de pernas pó ar ..) Rs rs